quinta-feira, 16 de outubro de 2008

Homenagem póstuma (1914 – 2002)

A fim de poupar os leitores da mesmice, do lugar-comum que lerão/verão (ou, porventura, já leram) em blogs/colunas/programas televisivos sobre a análise – chatíssima, diga-se; tanto quanto mais um 0 a 0 – de mais uma pífia atuação da seleção canarinho (e, desde 24/julho/2006, de Dunga) apenas declaro, sucintamente, o fim desta.

A interpretação é livre.

7 comentário(s):

Saulo Milleri Biral disse...

Não estamos jogando nada. O Brasil está jogando um futebol medíocre e não dá mais para assistir uma seleção que não quer saber de jogar bola. É preciso fazer alguma coisa já se não às coisas vão se complicar pro lado da seleção brasileira.
Valeu e um grande abraço.

Rui Moura disse...

Diego, quer trocar links entre os nossos blogues?...

mundobotafogo.blogspot.com

Abraços.

Warley Morbeck disse...

Fora DUNGA

Warley Morbeck
http://flamengoeternamente.blogspot.com
http://eternabola.blogspot.com

Sobre o Futebol Carioca disse...

pode pra sair DUNGA
SAI DUNGA

Arthur Virgílio disse...

Bom senso de humor.

Prof. Tiago Buckowsky Xavier disse...

O Dunga entende de futebol o tanto quanto eu entendo de energia molecular....

Jefferson Nogueira disse...

O problema é que o time convocado é ruim, assim como o técnico.haja vista, Jô no ataque