segunda-feira, 27 de agosto de 2007

Em aberto.

O Botafogo (3º/37 pts.) com Zé Roberto, de fato, pratica o futebol mais vistoso do país. Sem o Zé, não. Na ausência deste, definitivamente, é apenas mais um time mediano desses que disputam o Campeonato nacional. Não obstante haver problemas disciplinares, Cuca, diante do visível descenso de sua equipe, pediu a reintegração do atleta. Bom para o Botafogo, que voltou à disputa do título. Ontem, no segundo tempo, após a entrada do talentoso meia, o Botafogo virou a partida, e pôde cantar realmente de Galo (charge - Lancenet!) em pleno Mineirão.

■■■■■■

Sábado, Corinthians (14º/27 pts.) foi presa fácil mais uma vez (quarta-feira foi facilmente derrotado pelo Botafogo, pela Sul-Americana). O Cruzeiro (2º/38 pts.) passeou no Pacaembu (!!!). A goleada custou, claro - muito mais fácil demitir um do que demitir 22 ou mais, né? - o emprego do técnico Paulo César Carpegiani. Será mesmo que alguém vai dá jeito nesse time jovem do Corinthians? Preocupante.
Lembrando que o Cruzeiro tem uma partida a menos que o líder São Paulo. Briga boa pelo título!


■■■■■■

O Fluminense (13º/27 pts.) perdeu mais dois pontos preciosos. Mesmo jogando diante de sua torcida, só empatou com o Grêmio (7º/32 pts.). No primeiro gol, Saja deu uma grande contribuição aos tricolores. O gol do Grêmio foi feito em lance polêmico (foto: Lancenet!). Renato Gaúcho dirá que foi roubo. Mas, eu acho que o lance é discutível. Enfim, o Fluminense segue perto da Zona, sem nada almejar. Enquanto o Grêmio, que certa vez já esteve muito perto da liderança, está no momento, na zona da Sul-Americana. E por ali deve ficar! Muito incostante.
■■■■■■

Em lance - dessa vez - indiscutível, o Internacional (8º/31 pts.) venceu o Atlético/PR (17º/23 pts.). Após falta fora da área - mas muito fora mesmo! - de Erandir em Jonas, o árbitro carioca Luís Antônio Silva Santos inventou um pênalti. Convertido e que garantiu o resultado final da partida. Até quando árbitros irão influenciar dessa maneira em resultados de jogos e acabarem, por um detalhe, com planejamentos, investimentos etc? Até quando serão a parte amadora do espetáculo? Até quando?

O diretor de futebol do Atlético/PR, por sua vez, acredita em acordo para beneficiar o Flamengo - na ocasião na zona de rebaixamento, atrás exatamente do clube paranaense. Alberto Maculan diz ter achado muito estranho um árbitro carioca ter sido escolhido para apitar um jogo da equipe paranaense. Francamente? Faz sentido.

■■■■■■

Resultado mais previsível impossível! Goleada do Santos (6º/33 pts.) sobre o América/RN (20º/10 pts.). Tão ou mais previsível ainda é o rebaixamento prematuro do América.
O Santos vem subindo, mas não briga mais pelo título. Briga por Libertadores.


■■■■■■

Surpreendente foi a boa vitória do Flamengo (16º/24 pts.) sobre o Goiás (9º/30 pts.), no Maracanã (foto: Jorge William). Enfim o rubro negro saiu da zona de rebaixamento, mas segue ali perto. Quarta-feira, enfrenta o Botafogo. A favor da equipe da Gávea, estão os últimos jogos. Desde 2004 o Flamengo não perde do Botafogo. Tem tudo para ser um grande jogo. Mas a única certeza que tenho é que terá grande público.

■■■■■■

(foto: Alexandre Gondim)
Jogo agitado na Ilha do Retiro. Placar inalterado. Apesar de o empate nunca ser bom para nenhuma das partes, nesse caso, foi pior para o Vasco (5º/35 pts.) que até então, brigava pelo título. O Sport (11º/28 pts.) deve permanecer ali por onde se encontra, conquistando uma das vagas para a Sul-Americana do ano seguinte.

■■■■■■

O Paraná (12º/27 pts.), que nada tem a ver com a fragilidade do adversário (foto: André Brant), aproveitou para voltar a vencer: 3 a 1. O Juventude (19º/17 pts.) continua caindo, caindo...

■■■■■■

A exemplo do Paraná, o São Paulo (1º/44 pts.) aproveitou a fragilidade do Náutico e goleou, no Morumbi. Vitória esperada. Há de se ressaltar que o São Paulo só fez o placar após a expulsão do jogador Acosta, do Náutico (18º/20 pts.). A equipe paulista vem oscilando. Parece sentir falta de Josué, como temia Muricy Ramalho. Uma boa prova de fogo será o próximo jogo do tricolor: o clássico contra o Palmeiras. O Campeonato segue indefinido e aberto!

■■■■■■

É ou não é irritante esse 'intrometimento' contínuo do STJD, em casos que às vezes não tem necessidade? Toda semana tem julgamento. E o pior: alguns deles não servem para absolutamente nada, visto que o réu é absolvido por unanimidade, mesmo duvidando da Justiça nacional ou mandando seus jogadores agredirem os companheiros de profissão. Que país é esse?

■■■■■■
De canhota!

■ Ainda brigam por título: São Paulo, Cruzeiro e Botafogo.
■ Libertadores/2008: São Paulo, Cruzeiro, Botafogo, Palmeiras, Vasco, Santos, Grêmio, Internacional e Goiás.
■ Série B/2008: América (por enquanto, só).

7 comentário(s):

Jefferson Nogueira é disse...

Ainda reitero: Com Zé Roberto ou sem Zé Roberto, é um cavalo paraguaio...abração

gerson sicca disse...

O Botafogo, pra mim, vai ter vaga na libertadores, mas não deve conseguir superar o São Paulo. O Cruzeiro pode incomodar.
Houve outras ajudas fortes da arbitragem na rodada. Dois pênaltis claros não foram marcados. Um a favor do Figueira e outro a favor do Goiás.

Jefferson Nogueira é disse...

E ai rapaz...tudo bom? Opinião apenas, não bairrismo, gosto do Botafogo, não enxergo apenas como candidato a nada...No Rio, acredito no Vasco. ABraço!

Duda Cabral disse...

Espero que o Botafogo volte com aquele gás todo, né! :)

;**

Danilo Damasceno disse...

O meu Mengão subiu de produção com a entrada do argentino Maxi, com a boa fase de Juan e com a segurança na zaga com Fabio Luciano, e no meio com Ibson jogando com classe e garra!O São Paulo será campeão, o unico que podera encomodar sera o Santos!Abraço

Chilavert disse...

botafogo briga pelo título? tu é doido, cara?

André Mazoni disse...

É triste ver a inveja no coração das pessoas que não tem a oportunidade de torcer pelo Glorioso. Mesmo o time tendo caído de produção ainda continua na briga pelo título sim.
Invejosos, se matem!