sábado, 1 de setembro de 2007

Semi-aberto.

No clássico paulista (foto: Nelson Almeida), deu São Paulo (1º/47 pts.). Jogando sob o lema "1 a 0 é goleada", venceu o Palmeiras (6º/36 pts.) e segue na primeira posição, oito pontos à frente do segundo colocado Cruzeiro e nove do Botafogo, terceiro. A defesa do São Paulo continua sendo o destaque deste, com apenas sete gols sofrido até então. Parece mesmo ser intrasponível. O tricolor paulista começa a se aproximar do bi.

■■■■■■

No Rio, clássico movimentado e igual (foto: Site oficial Botafogo). O resultado não poderia ser outro: outro empate. O quinto do ano. Aliás, este ano Botafogo (4º/38 pts.) e Flamengo (16º/25 pts.) quando se enfrentaram, só deu empate!
No primeiro tempo, o Flamengo dominou as ações e abriu o placar, com Juan - com a contribuição fraquíssimo goleiro Max, que apenas ficou observando a bola rolando em sua área, estático. Já no segundo tempo, o Flamengo jogou nos contra-ataques e o Botafogo partiu pra cima e chegou ao gol com o quase incansável Jorge Henrique, de cabeça. Nesta etapa, o Flamengo parecia ter se entregado. Não havia jogadores no setor de meio-campo. Havia apenas defesa e ataque. O Botafogo quando roubava a bola lá atrás tinha todo o meio para trabalhar. Mas não soube aproveitar. Além disso, parou no excepcional goleiro Bruno.
Com o resultado, o alvinegro parece de vez dar adeus à briga pelo título, deixando esta para Cruzeiro (com um jogo a menos que o líder São Paulo) e São Paulo. Entretanto, tem grande chances de disputar a Libertadores do ano seguinte.

■■■■■■

(foto: Ricardo Rimoli)
O Fluminense (12º/30 pts.) surpreendeu o Internacional, e goleou-o no Beira Rio. Belíssima vitória. Destaque para o golaço de letra de Alex Dias. O Flu saiu de perto da zona do descenso. Ufa!

■■■■■■

O Atlético/MG (8º/31 pts.) de Leão (foto: Gil Leonardi) aproveitou a fragilidade do adversário e goleou o Corinthians (15º/27 pts.), que parece mesmo não reagir. A "fiel", enquanto é tempo, já se manifesta. Hoje protestou no treino. Entre as reinvindicações pediu a saída de jogadores como Edson e Zelão.

■■■■■■


Na Vila Capanema (foto: Felipe Gabriel), 2 a 2 para Paraná (13º/28 pts.) e Cruzeiro (2º/39 pts.). Não fosse o jogo que tem a menos, o Cruzeiro também estaria se distanciando do título.
Josiel guardou mais dois gols, disparando na artilharia, com 15 gols marcados. O vice-líder, André Lima (Botafogo), foi para a Alemanha e não disputa mais o campeonato. Os demais (Dodô, Alecsandro e Carlinhos Bala), tem "apenas" nove gols.

■■■■■■

O Juventude (19º/20 pts.), por incrível que pareça, venceu o Goiás (11º/30 pts.). Nada que desse para tirar o 'Ju' da zona de rebaixamento.

■■■■■■

Em Santa Catarina, o óbvio: mais uma derrota do já rebaixado América/RN (20º/10 pts.). O Figueirense (14º/28 pts.) segue no meio da tabela, onde nada ganha.

■■■■■■

O Santos (5º/36 pts.) virou na Vila (foto: Ivan Storti) e deixou o Atlético/PR (17º/23 pts.) ainda na zona. Ruim para o rubro-negro paranaense. Bom para o rubro-negro carioca, que segue fora da zona de rebaixamento, pela segunda vez.

■■■■■■

Em São Januário, o Vasco (3º/38 pts.) completou um ano invicto no estádio. Parabéns! Mas quem pensa que foi fácil, engana-se. O Náutico (18º/20 pts.) chegou a engrossar a partida, a partir do fim do primeiro tempo. Teve ótimas oportunidades de virar o jogo, mas não fez. E... quem não faz, leva. Pela ousadia, o Náutico tomou o segundo gol. A equipe se mandou para frente e o Vasco aproveitou o contra-ataque. Depois, "abriu a porteira". Final: Vasco 4 a 1.
Se o Náutico sempre jogar como jogou aqui em São Januário, tem grandes chances de sair da zona em breve.

4 comentário(s):

chilavert disse...

Diego, sacou por que o Botafogo é cavalo paraguaio e não tem chances de título? Na verdade, nunca teve. Para ganhar o Brasileirão tem que tem muita coisa que os times do Rio não têm. Nenhum deles. E pode esperar mais um pouquinho que o Vasco vai cair tbm.

O negócio do Botafogo é a Sul-Americana. Torneio curto, bem espaçado, e que o Botafogo tem um time bom para disputar. Ali ele pode levar ataça. No Brasileiro, no máximo fica em sexto.

Abraço.

Danilo Damasceno disse...

Parece que o medo de vencer pegou no meu mengão! estava com a vitoria na mão contra o Bota e contra o Sport e não venceu!Vai entender!Abraço

gerson sicca disse...

O Botafogo mostrou ser um time frágil. Só ataca quando a defesa adversária é ruim. Ontem foi muito mal.

Chilavert disse...

eu começo a duvidar do Botafogo até na Sul-Americana.