terça-feira, 13 de novembro de 2007

Passe curto.

Sábado, no Beira-Rio (foto: Alessandro Rodrigues), o Internacional (9º/51 pts.) venceu nos acréscimos o Cruzeiro. O resultado colocou o colorado na zona da desmerecida Sul-Americana. O inconstante Cruzeiro (4º/57 pts.) segue com a vaga ameaçada.
O gol demorou a sair, mas valeu o ingresso. Um golaço de falta, batida categoricamente - colocada, de canhota! - por Alex.

Veja como foi o belíssimo gol de falta - aqui.

■■■■■■

(foto: Fernando Maia/O Globo)

No sufoco, o Botafogo (8º/53 pts.) bateu o Paraná (18º/41 pts.). O alvinegro deu impressão de que ganharia quando quisesse - abriu 2 a 0, o Paraná diminuiu e imediatamente após, o Botafogo aumentou a vantagem: 3 a 1. Pouco depois, o Paraná diminuiu novamente, 3 a 2.
Matematicamente, com essa vitória, as chances de classificação à Libertadores subiram de 1% para 3%. Restando apenas duas rodadas, nada animador. Aos botafoguenses otimistas, resta se sustentar na máxima que diz: "Há coisas que só acontecem ao Botafogo..."
A equipe paranista, apesar da derrota, ainda tem chances de escapar da degola. Graças ao resultado favorável de seus concorrentes diretos - empate entre Goiás e Corinthians.

■■■■■■

Resultado quase óbvio, no Recife. Óbvio pela força do Náutico (15º / 46 pts.) nos Aflitos e pela fragilidade incontestável do América/RN. O Náutico ainda pode beliscar uma vaga na Sul-Americana. É tudo que resta.

■■■■■■

(foto: Agência L!)
O Atlético/MG (11º/49 pts.) goleou o Juventude (19º/38 pts.), chegou ao oitavo jogo consecutivo sem derrota, afastou de vez a chance de rebaixamento e, de quebra, está praticamente garantido na Sul-Americana. O Juventude, que ainda tentava respirar, já foi...

[ Veja os gols desta partida aqui. ]

■■■■■■

Na Arena Kyocera (foto: Felipe Gabriel), um empate chato entre Atlético/PR (10º/51 pts.) e Sport (14º/48 pts.). Resultado típico de duas equipes que apenas aguardam o fim do campeonato.

■■■■■■

(foto: Marcos Ribolli/GE.com)
Mesmo com o título já garantido, o São Paulo (1º/76 pts.) venceu o Grêmio (7º/54 pts.), por vantagem mínima. O Grêmio que outrora estava com a vaga da Libertadores nas mãos, agora já ocupada a sétima posição.

■■■■■■

O Vasco (13º/48 pts.) conseguiu o improvável. Vencia o Figueirense (12º/49 pts.) por 3 a 0, em Florianópolis e, ainda assim, sofreu o empate. Há quem diga que o Figueirense devia até mesmo ter vencido o jogo! Eu não duvido. Que situação...

■■■■■■

Indubitavelmente, o Flamengo (3º/58 pts.) faz a campanha que faz, graças, boa parte, à sua torcida, que bate recordes a cada rodada. A outra parte da boa campanha, deve-se a estratégia da diretoria de adiar os jogos - o que, à época, parecia um ato inocente. Mas não foi. Foi algo premeditado. -, para reforçar aquele modestíssimo elenco com peças importantes (Íbson, Fábio Luciano...). Surpreendentemente, ao que tudo indica, o Flamengo ficará com uma das vagas à Libertadores da América. Quem diria?
No domingo (foto: Gilvan Souza), venceu um Santos (2º/59 pts.) que a maioria do jogo abdicou da vitória. Veio ao Rio para empatar. E como acontece na maioria das vezes com estes que buscam o empate... perdeu. Dificilmente a equipe santista perde essa vaga, mas vale lembrar que ainda não está 100% assegurada. Ainda.

O gol de Souza - aqui.
■■■■■■

(foto: Agência/L!)
No Serra Dourada, um jogo de muitas possibilidades. O Goiás (17º/42 pts.), como mandante, começou dominando as ações. Pressionou até abrir o placar, com Paulo Baier, pra variar. Depois do gol, o Corinthians (16º/42 pts.) - na condição de tão desesperado quanto o Goiás -, partiu pra cima e criou boas oportunidades. Na segunda etapa, o Goiás novamente começou melhor e teve maior posse de bola. O Corinthians, diante da circustância, explorava os contra-ataques, com cautela. O limitadíssimo lateral Iran, foi protagonista de mais uma bizarrice (a outra foi outro pênalti feito em Ramon, do Figueirense, de forma grotesca - se jogando no jogador, de costas). Após cruzamento esmeraldino, Iran inventou de tirar a bola da área de bicicleta. Resultado: acertou a cabeça de um jogador do Goiás. Pênalti claro. E grotesco. O melhor goleiro do campeonato (na minha opinião), defendeu e salvou o Corinthians de nova derrota. O que complicaria demais a situação da equipe do Parque São Jorge.

Os gols de Goiás x Corinthians? Veja aqui!

■■■■■■

Aviso aos navegantes
Semana de provas à vista. Provavelmente, me afastarei por uma(s) semana(s) do blog. Mas volto o mais rápido possível. Espero a compreensão dos internautas. Saudações e bom feriado a todos!

5 comentário(s):

André Mazoni disse...

Já tem um tempo que não comento aqui..
Ficou maneira essa última crônica.

Internacional deu uma sorte sinistraaaa...
Botafogo quase faz a cagada de deixar empatar. Agora é torcer pra tudo ser favorável ao Fogão e os incompetentes resolverem jogar bola e GANHAR.
Flalixo vai jogar com torcida de novo, graças à esse nojento STJD que beneficia esse time sujo e provavelmente vai ganhar o jogo e se garantir na Libertadores. ;/

Vlw ae!

Leonardo Serafim disse...

so agora vi o cmentario
tb vo adiciona o teu blog
abraços

Filipe Araújo disse...

infelizmente os que adoram fazer onda insistem em dizer que o goleiro fábio falhou no gol de alex.

falta excepcionalmente bem cobrada. sem defesa!

abrazo!!!

http://gambetas.blogspot.com

Ricky_cord disse...

Olá Diego. Já adicionei o teu link. Abraço.

Chilavert disse...

boas provas!